22 de dez de 2009

O amor não é cego



O AMOR NÃO É CEGO


O amor não é cego
É tolerante e compreensivo.
Quem ama enxerga os erros do outro,
A grande diferença de quando existe amor,
É que, quem ama não condena e vira as costas,
Procura ajudar o outro a ser um ser melhor.
É paciente ao ensinar é humilde ao aprender
A vida é um aprendizado constante, ininterrupto.
Nessa nossa “viagem” somos alunos e professores
E se esse aprendizado nos chega através do amor
Muito maior e gratificante será nosso crescimento.


Drica de Assis.
22/12/2009.

17 de dez de 2009

Porto... Solidão




PORTO... SOLIDÃO


SOLIDÃO...

NO MEIO DA MULTIDÃO.

NÃO SOU O QUE MOSTRO

MAS O QUE ESCONDO.

ONDE ME ESCONDO...

ONDE ME ENCONTRO!?

POR ONDE ANDO,

POR ONDE ANDEI?

PRA FALAR A VERDADE,

NEM EU MESMA SEI.

ESSA LUZ QUE ME GUIA

ME MOSTRA O VAZIO.

TANTAS QUESTÕES...

NEM MESMO SABIA.

UM PEIXE PILOTO,

BICHINHO DE ESTIMAÇÃO.

PELO MUNDO ABSORTO...

SENTADA NO PORTO

SOLIDÃO.


DRICA DE ASSIS

15/12/2009

12 de dez de 2009

Poema






POEMA...

SALPICAR A ESSÊNCIA
NUM PEDAÇO DE PAPEL
É CINTILAR CADA LETRA
COMO ESTRELAS NUM CÉU.

DESABROCHAR UM POEMA,
FEITO DANDELION FLUTUAR.
DO CORAÇÃO A PURA GEMA,
DAS ASAS D’ ALMA O RUFLAR.

NÃO DEIXAR A PENA DANÇAR,
NÃO DEIXAR A TINTA CORRER,
É O MESMO QUE SUFOCAR,
E COMO SE DEIXAR MORRER.

Drica de Assis
12/12/2009