20 de out de 2009

Na minha vida




NA MINHA VIDA

PELO MEU CHÃO
SEUS PASSOS,
POR TODO LADO
SEU RISO,
NA MINHA LUZ
SEU OLHAR,
NA MINHA CAMA
SEU CHEIRO,
NA MINHA VIDA
VOCÊ.

Drica de Assis
15/10/2009.

9 de out de 2009

Perco-me



PERCO-ME

ENQUANTO TE ESPERO,
PERCO-ME EM TEU OLHAR,
SERENAMENTE A ME ACOMPANHAR.
NA PUREZA DESSE MAR NOTURNO
MERGULHO E ME BANHO EM PAZ.

FECHO OS OLHOS,
PERCO-ME EM TEUS BRAÇOS,
ENVOLVENTES A ME ACONCHEGAR.
NA PROTEÇÃO DESSE ABRAÇO
TUDO FICA MAIS SIMPLES.

ENTREABRO OS LÁBIOS,
PERCO-ME EM TEU BEIJO
PROFUNDAMENTE A ME INVADIR.
NA PERDIÇÃO DESTE MOMENTO...
ENCONTRO-ME.

DRICA DE ASSIS
04/10/2009.


Tempo




Qual a real velocidade do Tempo?
Tão inconstante e volúvel!
Tem dias que nem vemos passar,
outros que não chegam nunca.
Um ano pode ser uma eternidade
Uma vida pode ser tão curta...

Vivemos presos a esse Tempo,
Vivemos ao sabor desse vento,
Vezes a favor, na maioria contra.
Tempo é jogo, é loteria...
Ganhar, perder... Tempo.
É espada sobre a cabeça,

Tempo, Tempo... O que é o Tempo...
Tempo é momento. Veloz, tão lento.
Tempo é alegria, Tempo é sofrimento,
Tempo é viver, Tempo é espera.
Tempo é tão pouco, Tempo é tão louco,
Tempo é ilusão, Tempo é quimera...

Drica de Assis

22/08/2009.

Teu Olhar


TEU OLHAR

Teu olhar templo de paz,
Altar da minha calma.
Teu olhar sereno e afaz,
Desnudar da minha alma.

Teu olhar transverso,
fascínio do meu ser.
Teu olhar controverso,
Mistério no meu viver.

Teu olhar acalanto,
felicidade incontida.
Teu olhar meu encanto,
Amor da minha vida.

Drica de Assis
28/08/2009.

4 de out de 2009

Sou Transmutação



Sou Transmutação


Libélula em evolução,
Crisálida em alomorfia,
Desabrochar de botão,
Sou brisa e sou ventania.

Tenho minha alquimia,
Sei da minha sedução.
Sou mulher, sou poesia
Transmutada em paixão.

Minha essência é renovação,
Luz que minh’alma irradia.
Alado é meu coração,
Amor é minha energia.

Eu sou fruto deiscente
Espargindo sementes pelo chão.
Sou pássaro num ruflar,
Sou um ser em transformação...

Drica de Assis
06/08/2009.

Em Você



EM VOCÊ


Encontrei em você meu eixo,

ponto de equilíbrio, minha voz guia,

fio que conduz meu prumo,

Metrônomo da minha harmonia,

farol que ilumina meu rumo,

motivo dessa minha alegria.



Drica de Assis
06/08/2009